Cruzeiro em Bai Tu Long Bay: A Rota Alternativa De Halong
 Cruzeiro em Bai Tu long, Halong Bay, Vietnã. Foto: Patti Neves

Cruzeiro em Bai Tu long, Halong Bay, Vietnã. Foto: Patti Neves

Todo mundo já viu fotos ou ouviu falar do cruzeiro de Halong Bay, no Vietnã.

A famosa baía de Halong, em vietnamita "onde o dragão entra no oceano" é simplesmente o destino turístico número um do país.

Logo que me mudei para o Sudeste Asiático eu estava louca para fazer essa viagem e não demorou muito até eu descobrir que a maioria dos meus amigos não tinha curtido Halong bay.

Decepcionada, lá fui eu fazer a pesquisa internet "básica" de três dias...

Infelizmente poucos artigos divulgam que o cruzeiro de Halong Bay (a rota mais famosa) está se tornando cada vez mais insustentável, com barcos se enfileirando na baía, paisagens obstruídas por essas mesmas embarcações e turistas se "atropelando" em kayaks. 

A consequência disso? Multidões, stress e muito lixo flutuando.

Mas será que estaríamos perdendo muita coisa por escolher passar longe das famosas formações rochosas que aparecem nos filmes de Hollywood?

Depois de muito hesitar, decidimos arriscar a rota alternativa de Bai Tu Long Bay, e o resultado está abaixo:

 Bay Tu Long (baía de Halong Bay). Foto: Patti Neves

Bay Tu Long (baía de Halong Bay). Foto: Patti Neves

Cruzeiro em Bai Tu Long: a rota alternativa de Halong Bay

Já tinha ouvido falar de Bai Tu Long Bay? Há pouco tempo atrás eu nem sabia que essa baía existia... 

Bai Tu Long é também parte do Patrimônio Mundial da UNESCO de Halong, o fantástico arquipélago formado por 1.600 ilhas. Na verdade, Bai Tu Long fica à somente 30 Km Leste do principal pólo turístico!

Tido como uma destinação bem mais tranquilaa área ainda é pouco explorada, não está poluída como a vizinha famosa e é pouco provável que isso mude rapidamente. 

Como a área é de acesso mais difícil, ainda são poucas as companhias que fazem essa rota (comparada com a quantidade de barcos que atualmente fazem Halong).

 Mulher em vila flutuante de pescadores no Vietnã. Foto: Patti Neves

Mulher em vila flutuante de pescadores no Vietnã. Foto: Patti Neves

Bai Tu Long foi um passeio surreal

Bai Tu Long compartilha muitos elementos geológicos similares com a Baía de Halong, e se você não for um especialista procurando por formações rochosas específicas, não vai saber a diferença.

A única coisa que percebemos é que tudo foi muito tranquilo e em nenhum momento sentimos estar no meio de uma muvuca náutica. Para nós, era isso que interessava: sossego e tranquilidade.

Na verdade, encontramos praias vazias, de acesso exclusivo (algumas companhias compraram o monopólio de algumas praias, o que pode parecer horroroso à princípio, mas na prática é bom, já que o lugar recebe raros barcos).

A companhia que usamos por exemplo (Indochina Junk), foi capaz de organizar uma parada com churrasco de frutos do mar em uma praia deserta, somente para o nosso grupo.

 Não tenho certeza se outras companhias fazem o mesmo, só descobrimos esse fato quando já estávamos por lá.

 Passeio de fim de tarde, Indochina Junk. Foto: Patti Neves

Passeio de fim de tarde, Indochina Junk. Foto: Patti Neves

E O que fazer em Bai Tu Long Bay?

Alguns guias (como o Lonely Planet), recomendam a visita de Hong Van Beach, Minh Chau Beach, Bac Van Beach... mas cá entre nós, boa sorte para encontrar um barco que faça exatamente essas praias, no seu orçamento e nas suas datas. 

A gente meio que desencanou de saber para onde iríamos exatamente desde que fosse Bai Tu Long (e não Halong, a rota normal), e desde que fosse 3 dias (2 noites).

Além dos óbvios relaxar, desconectar do Wi-Fi, curtir a paisagem e comer (sem parar, diga-se de passagem), nosso cruzeiro oferecia saídas de Kayak (top), trilhas em cavernas (médio), visita a vilas de pescadores (top) e almoços em praias locais (médio). 

Nosso barco, Dragon Legend Cruise, também oferecia Tai Chi Chuan no deck ao nascer do sol mas a gente nunca conseguiu acordar tão cedo. Buuuh 🙄

 Dragon Legend Cruise, Bai Tu Long, Vietnã. Foto: David Mattatia

Dragon Legend Cruise, Bai Tu Long, Vietnã. Foto: David Mattatia

E Como era o barco? 

Nós gostamos muito da vibe tranquila do cruzeiro, da decoração das cabines e da limpeza em geral. As refeições à bordo não desapontaram em nenhum momento.

O Dragon Legend Cruise também vinha com os kayaks, uma minúscula sala de gym (leia-se uma esteira rolante e um step) e um piscininha no deck. 

Considerando que esse tipo de viagem só se faz uma vez na vida, e que os preços são relativamente em conta (considerando o preço de um cruzeiro bling-bling) resolvemos não arriscar e acabamos escolhendo a companhia Indochina Junk (os barcos deles não são os mais baratos, mas valeu a pena).

  Dragon Legend Cruise , Bai Tu Long. Foto: Divulgação

Dragon Legend Cruise, Bai Tu Long. Foto: Divulgação

Escolhemos o quarto da foto acima, que também tinha banheira (com vista panorâmica, claro). Uhh que chato...

Considere que não estou fazendo propaganda de nenhum tipo de companhia, e você pode simplesmente usar qualquer outro operador para encontrar os concorrentes e comparar você mesmo.

Ps: Mas se você usar o link  parceiro do nosso blog, vai pagar exatamente o mesmo preço do que diretamente na página do operador, com a diferença de aqui você ganhará muitos pontos de karma positivo por incentivar minha carreira de travel blogger. 

Nós ganhamos uma pequena comissão pelas incontáveis horas que passamos recomendando nossas experiências 🙌✨ 

Leia também: Ho Chi Minh City: 10 atividades diferentonas no Vietnã

 

E como escolher o cruzeiro? 

Não é muito fácil. Os preços variam enormemente e a maioria das companhias inventam uma salada de roteiros e atividades que acabam confundindo ao invés de ajudar. 

A única coisa que sabíamos é que queríamos:

  • Um mínimo de conforto (e de limpeza) - já tinha ouvido falar até de ratos em alguns barcos (!)
  • Uma companhia que operasse exclusivamente na rota alternativa (Bai Tu Long)
  • Uma boa relação custo-benefício, mas sem luxos extremos

A escolha final foi feita considerando reviews de outros viajantes em fóruns de viagem (e claro, da comida 😋, porque já que era pra ficarmos "presos" 3 dias no barco, melhor que a comida fosse boa)!

  Dragon Legend Cruise , Bai Tu Long, Vietnã. Foto: Patti Neves

Dragon Legend Cruise, Bai Tu Long, Vietnã. Foto: Patti Neves

Aliás eu estava meio preocupada de que o passeio fosse monótono, mas o tempo passa mega rápido já que a cada 3-4 horas eles propõem alguma atividade (ex. aulas de culinária, jogos) para animar o povo. As atividades são opcionais e se você quiser só ficar só na sua, relaxando também rola.

Recomendo o cruzeiro também para viajantes single também, já que acabamos por trocar idéias com muitos outros viajantes solo. 

E qual a melhor época para fazer o cruzeiro?

Como todos os países do Sudeste Asiático, é importante prestar atenção à época do ano: a estação fresca/seca é de outubro a março, e a estação quente/úmida é de abril a setembro. 

Alguns barcos modificam seus itinerários para se adaptar às condições climáticas. Entrar em contato com o operador para saber das possibilidades é sempre uma boa idéia. 

 Cruzeiro em Bay Tu Long, Vietna. Foto: Patti Neves

Cruzeiro em Bay Tu Long, Vietna. Foto: Patti Neves

Sobre a duração, recomendamos no mínimo 2 noites. Na minha humilde opinião não vale a pena voar até Hanói, se estressar no porto e passar por todo aquele fuzuê só pra fazer uma voltinha curta. Ter tempo para desconectar é essencial.

Ps2. Escolha também uma companhia que forneça transfers de ida e volta. A nossa mini-van era digna de pop-star!

Também vimos algumas famílias se divertindo bastante no cruzeiro e recomendaria para todos os amigos que tem filhos.

Essa é uma ótima atividade para quem está no Sudeste Asiático procurando programas para fazer com as crianças...

 Bai Tu Long, Vietnã. Foto: Patti neves

Bai Tu Long, Vietnã. Foto: Patti neves

Pronto! Espero que este artigo tenha esclarecido um pouco das dúvidas sobre o cruzeiro em Halong Bay e a rota alternativa de Bai Tu Long.

Se faltou algo, é só dar um grito no comentários! Enjoy 🐉

Para salvar o post no Pinterest, passe o mouse sobre a imagem e clique no Pin:

Bai Tu Long Bay.png

Quer receber mais dicas alternativas?

LEIA TAMBÉM:  Albergues chics & Baratos no Sudeste asiático 

 

Última dica: Se você está curioso para saber como foi o passeio na rota tradicional de Halong, dê uma olhada no blog "Me Leva De Leve" 😉.

 

cruzeiros em promoção: