Onde Ficar em Singapura | Por Quem Mora Lá

Marina Bay Sands. Foto: Patti Neves

Onde ficar em Singapura?

Desde que fizemos da cidade-estado nossa casa há 4 anos, vira e mexe aparece alguém com essa dúvida cruel.

Escolher onde ficar em Singapura pode se tornar uma tarefa complicada, principalmente porque a escolha do bairro/distrito pode influenciar o preço nas diárias.

Idealmente a estadia se faria em um bairro charmoso, não muito longe das atrações turísticas e com um preço razoável. E acredite, isso é possível!

Boa parte dos hotéis em Singapura ficam concentrados em regiões centrais, e todas as regiões são muito bem conectadas por um eficiente sistema de metrô (MRT). 

Além do mais, não existem somente hotéis de luxo em Singapura.

É bem possível encontrar soluções interessantes (e baratas) de alojamento, como os divertidos spacepods

Muitos ocidentais adoram dizer que Singapura é a Asia for dummies, ou em tradução livre, a Ásia para iniciantes.

É bem verdade: quase todo mundo fala inglês e o sistema de transporte público é muito bem organizado e fácil de usar.

E se você ousar passar uns dias à mais por aqui, vai descobrir que por detrás da piscina clichê do Marina Bay Sands, existe uma enraizada diversidade étnica em cada bairro específico.

Então, Onde Ficar em Singapura?

Joo Chiat e as casinhas de estilo colonial Peranakan

Joo Chiat e as casinhas de estilo colonial Peranakan

Escolher onde ficar em Singapura vai depender basicamente de sua personalidade!

Os bairros e distritos de Singapura são bem diferentes, cada um com seus aspectos únicos.

Na verdade, em poucas cidades do mundo podemos ter a impressão de visitar vários países apenas caminhando por diferentes quarteirões. 

Neste post vamos te ajudar a decidir a melhor área pra você se hospedar, de acordo com seu orçamento e expectativas.

8 Melhores Bairros para se Hospedar em Singapura

No mapa acima, dividi nossa querida Singa em 8 principais áreas. 

Em cada área você encontrará as principais atrações e as respectivas categorias de acomodação:

  1. Civic District  $$$ - $$

  2. Marina Bay  $$$

  3. Orchard Road $$$

  4. Clarke Quay $$$ - $$ - $*

  5. Arab Street $$$ - $$ - $* 

  6. Chinatown $$$ - $$ - $* 

  7. Little India $$$ - $$ - $

  8. Sentosa Island $$$

Os bairros marcados com (*) mostram as áreas mais econômicas, ideais para o pessoal mochilando pelo Sudeste Asiático.

Note que hostels, albergues & capsule hotels só podem ser encontrados em alguns bairros. Neste post indicamos os melhores de cada categoria de preço.

Central Business District (CBD), visto do Fullerton Hotel.

Central Business District (CBD), visto do Fullerton Hotel.

O Civic District, também conhecido como Distrito Cultural, abriga os maiores museus, edifícios coloniais e principais marcos históricos da cidade.

Foi lá que desembarcou Sir Stamford Raffles, o britânico fundador da Singapura, no início do Século XIX. 

Claro que Singapura já existia muito antes da chegada dos britânicos, mas foi o tratado de 1819 que marcou a fundação da Singapura moderna.

E porquê se hospedar no Distrito Cívico?

Eu diria que é a área mais tradicional da cidade, e sem dúvida a mais charmosa de todas. 

Óperas, teatros e museus ficam todos por lá. Você também vai encontrar muitos restaurantes interessantes. Fica fácil sair a pé e encontrar coisas pra fazer logo na sua porta, sem chateação, sem passar horas de táxi ou metrô.

A área também fica muito próxima do CBD (Central Business District) para os que preferem a modernidade.

O Lau Pa Sat, o mercado 24h onde os protagonistas de Crazy Rich Asians aparecem comendo satay e bebendo Tiger também fica logo ali - bem no coração financeiro da cidade.

Podres de ricos, filme de 2018.

Podres de ricos, filme de 2018.

Entre os pontos de interesse:

Quais as desvantagens?

As acomodações são caras no Distrito Civíco, e você não encontrará hostels ou albergues por ali.

Opções de hospedagem no Civic District em Singapura:

$$$ High End

Recomendamos os dois hotéis mais clássicos de Singapura. O Fullerton e o Raffles Singapore.

Fullerton:

O Fullerton é considerado o hotel mais exclusivo de Singapura.

Localizado em um prédio antigo que costumava ser a agência dos correios, o edifício é simplesmente majestoso. 

É normalmente a escolha número 1 dos chefes de estado que passam pela cidade.

🏮 Veja quanto custa a diária no Fullerton

Raffles Singapore:

Também no estilo old-school, fica localizado em um belo edifício colonial com jardim, onde mantém um bar histórico: o Long Bar (que vale a pena ser visitado de qualquer maneira)!

Ali foi inventado o cocktail Singapore Sling, o drink típico de Singapura.

O Raffles Hotel foi ocupado por japoneses na segunda guerra mundial mas resistiu ao tempo sem deixar a peteca cair. Muitas celebridades ficaram hospedadas por lá, como Ernest Hemingway e Charlie Chaplin.

🏮Veja quanto custa a diária no Raffles Singapore


$$ Mid-Range

Rendezvous:

Com uma excelente localização, em frente ao Bencoolen MRT e bem próximo ao Museu Nacional de Singapura, o Rendezvous Hotel é um enorme hotel tradicional que já viveu tempos áureos. 

Apesar de estar um pouquinho outdated, os quartos e banheiros continuam grandes e espaçosos. Com certeza uma ótima escolha de nível intermediário.

🏮 Veja os preços do Rendezvous

Champion:

A melhor relação custo-benefício: confortável, limpo e principalmente bem localizado, é uma escolha prática para quem não quer quebrar a cabeça.

🏮 Veja os preços do Champion

A chamada Marina Bay é a área dos marcos mais populares de Singapura.

O Marina Bay Sands (o hotel em forma de navio), o Merlion (a criatura meio peixe-meio leão, símbolo da cidade) e o Gardens by the Bay (um lindo jardim botânico futurista) ficam por ali.

Os hotéis por ali tem uma vibe mais bling-bling, digamos assim mais “novo rico”, quando comparada ao Civic District.

E porquê se hospedar na área do Marina Bay?

Boa pergunta. Confesso que eu mesma não resisti à tentação e me hospedei no Marina Bay Sands (MBS) logo que pisei em Singa pela primeira vez. 

No meu caso a razão foi bem superficial mesmo: eu queria conhecer a famosa piscina da borda infinita e ter a melhor vista das supertrees.

Não é a área mais cultural da cidade, mas para não ser injusta, o lugar também tem muitos atrativos, mas tudo depende do gosto do viajante.

Supertrees, no Gardens by the Bay

Supertrees, no Gardens by the Bay

Entre os pontos de interesse:

Desvantagens:

Marina Bay é uma área cara. As opções de hotéis, alimentação e atividades estão entre as mais caras da cidade.

Não há opções para backpackers e nem mesmo hospedagem para um orçamento intermediário (tipo 3 estrelas).

Opções de hospedagem no Marina Bay em Singapura:

$$$ High-End

Marina Bay Sands (MBS):

Com a forma de um gigantesco navio, e sua mítica piscina de borda infinita, o MBS se tornou rapidamente o cartão postal de Singapura. 

Medindo 146 metros, quase três piscinas olímpicas de comprimento, a piscina do SkyPark é a maior piscina de borda infinita do mundo à uma altura de 200m.

A vista do 57º andar é realmente incrível, e mesmo que você não esteja hospedado por lá, você poderá subir para apreciá-la. Recomendamos também o bar Cé La Vie.

A obra-prima do arquiteto Moshe Safdie  não deixa (quase) nada a desejar para os que sonham com luxo. Os quartos são espaçosos e confortáveis, mas bem americanizados, sem muito charme.

Como ponto negativo, o atendimento é bem impessoal (se você já esteve em Las Vegas saberá do que estou falando). Esteja preparado para ser só mais um na fila do pão neste gigantesco complexo.

E se você resolver se hospedar por lá e for sortudo(a) como eu, poderá até ter direito à uma tempestade digna de Maga Patalógica… 🤣

🏮 Veja quanto custa se hospedar no Marina Bay Sands

Tentando divar após a chuva. Pode rir agora Kkkkkk

Tentando divar após a chuva. Pode rir agora Kkkkkk

Outro bemol: o café da manhã não está incluído na diária… 😐

Fullerton Bay:

O Fullerton Bay Hotel oferece luxo puro com uma excelente localização junto ao rio.

A piscina é fantástica e o pessoal amigável, sempre oferecendo água gelada, suco de lichia e frutas frescas. O atendimento é cordial.

E se você só estiver de passagem, não deixe de passar no Lantern bar, ao menos para tomar uma taça de champanhe com vista para a Marina.

O afternoon tea do Clifford Pier (foto acima) é excelente! Um dos melhores em Singa.

O pier atrás do salão pode ser acessado gratuitamente se você só quiser passar para fazer umas fotos.

Se não fosse o preço meio exagerado, este hotel seria com certeza a estadia 100% perfeita.

🏮 Veja quanto custa se hospedar no Fullerton Bay

Orchard Road, às vezes chamada de a “quinta avenida” de Singapura, é o lugar para quem gosta de fazer compras!

Indiscutivelmente uma das ruas onde se enfileiram os melhores shopping de luxo do mundo, a Orchard abriga lojas exclusivas da Gucci, Miu Miu, Louis Vuitton e outras.

Leia: 5 Mentiras sobre Singapura

Ion Orchard Mall

Marcas mais populares como Apple, Zara, Victoria Secret também tem lojas imensas no local.

E porquê se hospedar na Orchard Road?

Se você não encontrar o que está procurando por lá, é bem provável que você não encontre em nenhum outro lugar do mundo.

Entre os pontos de interesse:

Desvantagens:

Muvuca no fim de semana, principalmente nos Domingos. Não há muitos bares ou baladas interessantes, fora o Emerald hill.

É preciso saber que a atividade número 1 dos Singapurianos é consumir. Não é incomum ver filas enormes em portas de lojas como Louis Vuitton. A simples chegada de itens exclusivos provocam furor.

Em 2017, mais de 300 pessoas se espremiam na porta da grife francesa para conseguir ter acesso à uma nova coleção… 👀

Eu passava por lá ao acaso e me espantei. Achei que havia alguma mega promoção na loja. Que ingenuidade a minha! kkk

Opções de hospedagem na Orchard Road em Singapura:

Na Orchard indicamos as 2 melhores opções de hotéis de luxo e duas intermediárias com notas excelentes.

Infelizmente também não há guest houses ou hostels nessa área.

$$$ High-End

Shangri-La Singapore:

Escolha de alguns chefes-de-estado como Donal Duck (sorry, Trump), tive a oportunidade de morar 2 meses nesse hotel assim que me mudei para Singapura, então acredito que eu tenha alguma propriedade pra falar sobre o assunto.

Infelizmente não fiquei hospedada na suíte presidencial, afinal a companhia que me trouxe à Singapura não havia me contratado para encontrar Kim Jong-Un (ha ha) mas mesmo assim considero minha estadia como 99% perfeita.

Entre os pontos negativos: a localização um pouco distante para quem gosta de andar a pé (como eu) e o afternoon-tea caro e decepcionante.

Dito isto, se você não se importar de tomar táxi ou Grab tempo todo (o transporte público por ali não é de fácil acesso) e deixar passar o chá da tarde, os restaurantes do Shangri-La são excelentes, e o pessoal muito, mas muito, educado.

O hotel é de uma tranqüilidade ímpar.

🏮 Veja quanto custa se hospedar no Shangri-La

Four Seasons:

Cotado como o segundo melhor hotel de Singa no Trip Advisor, o 4 seasons, diferente do Shangri-La, tem acesso fácil ao transporte público. Você não precisará depender de táxis ou Grab o tempo todo.

Está localizado muito perto da ação na Orchard Road, portanto, ao se hospedar no Four Seasons Hotel, você poderá caminhar uma curta distância a pé para chegar as lojas, cinemas, cafés e restaurantes da principal área de compras de Singapura.

Talvez não tenha o charme do Shangri-La mas é com certeza, uma escolha mais prática.

🏮 Veja quanto custa se hospedar no Four Seasons

$$ Mid-Range

Jen OrchardGateway:

Se o seu negócio for Infinity pools, esta opção deixa pouco à desejar. Talvez uma das melhores em Singapura, atrás, claro, do MBS

A piscina fica localizada no último andar com uma excelente vista do horizonte de Singapura.

Fica aberta até as 23:00 h, então é o lugar perfeito para desfrutar de um bom drink no final de tarde.

Os quartos são grandes e comfortáveis (este hotel pertence ao grupo Shagri-La).

🏮 Veja quanto custa se hospedar no Jen Hotel

Lloyd’s Inn:

Muito bem contado no Booking e Trip Advisor, este hotel oferece ótima relação custo-benefício.

Lloyd´s é um excelente hotel-boutique minimalista, com uma vibe Zen. Todos os 34 quartos têm alguns elementos da natureza, e alguns deles tem chuveiro ao ar livre!

Outros têm janelas imensas e até mesmo jacuzzis no exterior.

Em uma área tranquila, o Lloyd's Inn fica a uma curta caminhada do centro de Orchard Road. A Estação MRT Somerset e os shoppings centers 313@Somerset, Orchard Gateway e Central estão a 10 minutos a pé.

🏮 Veja quanto custa se hospedar no Lloyd’s 

Às margens do rio Singapura e bem próximas de Boat Quay e Robertson Quay (zona de restaurantes e bares) está Clarke Quay.

Clarke Quay, Singapura

Antigamente parte da rota comercial e importante zona de armazéns para os navios que entravam no porto, as quays perderam gradualmente a sua importância e, no final dos anos 80, estavam praticamente abandonadas.

E porquê se hospedar na áreas das quays?

Essencialmente uma mega zona turística, com microcervejarias, restaurantes e casas noturnas ao longo do rio, é muito fácil encontrar opções de lazer à preços convenientes.

Desvantagens:

Apesar dos turistas perceberem a região de Clarke Quay como o “centro da vida noturna de Singapura”, esta é uma percepção equivocada.

Poucos locais (e expats) suportam a cacofonia dos bares e karaokês, pelo menos aqueles que já passaram dos 30 anos. A gastronomia da área também pode decepcionar. Mas ainda sim é uma área animada!

Leia: onde comer em Singapura

Restaurantes pega-turistas proliferam no Boat Quay e Clarke Quay.

Se te chamarem para entrar, corra.

Opções de hospedagem no Clarke Quay

Como as melhores opções de luxo em Singapura já foram mencionadas nas áreas do Civic District e Orchard, optei por apresentar aqui opções mais acessíveis ao público em geral.

Isso não significa que não existam ótimas opções de luxo na área, como o Swisshotel:

🏮 Veja quanto custa se hospedar no Swisshotel

$$ Mid-Range

Park Hotel Clarke Quay:

Embora o Park Hotel se chame “Clarke Quay”, ele fica no Robertson Quay. Não que isso importe muito, já que Boat Quay e Robertson Quay também fiquem bem próximos.

O hotel em si envelheceu mal, mas ainda assim é uma das opções mais acessíveis na área de Quays.

Os quartos são limpos e têm tudo o que você precisa. A piscina também ajuda!

🏮 Veja quanto custa se hospedar no Park Hotel 

M Social: 

Excelente localização a apenas 5 minutos a pé do MRT (metrô), também tem muitos bares e restaurantes ao redor do hotel.

Fica à uma curta caminhada da Orchard Road e do Clark Quay. A piscina é bacana.

🏮 Veja quanto custa se hospedar no M Social

$ BUDGET

Se você pensou que Singapura era uma cidade somente para milionários, errou. Aqui podemos encontrar também hostels, capsule-hotels e albergues econômicos.

Para quem não esta familiarizado com o conceito de capsule-hotels, vejamos a breve descrição do wikipedia:

Hotel-cápsula, originalmente criado no Japão (カプセルホテル) é um tipo de hotel idealizado para fornecer acomodações básicas e baratas para um pernoite, sem os mesmos serviços oferecidos por hotéis convencionais. Os hóspedes dormem em cápsulas extremamente compactas, ao invés de quartos.

Em Singapura você vai encontrar alguns deles. Sempre dê uma conferida no tamanho das cápsulas antes, alguns não são recomendados para claustrofóbicos!

Beat. Capsule Hostel at Boat Quay

Também chamado de The Port by Quarters Hostel, este é um pequeno albergue onde você dorme em beliches bem pequenos, e apesar do nome do hostel, eu não chamaria de cápsulas.

Há acesso WI-FI, café-da-manhã incluíndo e ar condicionado.

🏮 Quanto custa dormir no Beat - Capsules by the Boat

Beds and Dreams Inn @ Clarke Quay

Todos os quartos do hostel incluem ar-condicionado, tomadas elétricas internacionais e Wi-Fi gratuito. Os proprietários prometem roupa de cama, cobertores e travesseiros macios na chegada.

Você também terá acesso às áreas comuns e comodidades como os computadores, despensa e banheiros.

🏮 Quanto custa dormir no Beds and Dreams

River City Inn 

O River City Inn é uma propriedade de gerência familiar em Singapura, a 3 minutos a pé do Rio Singapura e há 5 minutos de caminhada da Estação MRT Clarke Quay.

A acomodação promete oferecer tickets com desconto para atrações e WiFi de cortesia.

🏮 Quanto custa dormir no River City Inn

Arab Street, também conhecida como Kampong Glam, oferece uma excêntrica mistura de cafés e restaurantes islâmicos e bares modernos.

Sultan Mosque, Singapura

Sultan Mosque, Singapura

Apesar de alguns restaurantes serem armadilhas mortais para turistas, ainda existem ótimas opções na área.

Bugis (bem próxima de Kampong Glam) fica bem ao lado, também em uma área super bem conectada e com opções interessantes para os amantes das compras.

E porquê se hospedar em Bugis ou Arab Street?

Kampong Glam é um dos bairros mais descolados de Singa, especialmente a Haji Lane. Difícil achar quem não curta as lojinhas alternativas locais, no estilo handmade with love.

A área também ganha vida à noite com shows de música ao vivo e bares à cocktail.

Os melhores hotéis-boutique de Singapura estão por lá, além de hotéis de luxo mais econômicos, intermediários e hostels.

Então se você estiver pensando em economizar e quiser dormir e comer barato em Singapura, escolha Bugis ou Arab Street.

Leia: 5 Curiosidades sobre Singapura

Haji Lane. Photo by The Singapura Club

Pontos de interesse:

Desvantagens:

Claro que por ser uma importante zona turística, você vai também vai encontrar lojas feias vendendo souvenirs bregas. Faz parte.

A área também pode ser um pouco zoada as vezes, competindo com Little India pelo troféu pé sujo de Singapura. O povo sai à noite, e as vezes perde a classe, deixando bitucas pra todo lado.

Opções de hospedagem Bugis & Kampong Glam

Como as melhores opções de luxo em Singapura já foram mencionadas nas áreas do Civic District e Orchard, optei por apresentar aqui opções mais acessíveis ao público em geral.

Isto não significa que não existam opções de cair o queixo nesta área, incluindo os fantásticos Andaz- Hyatt Singapore, Naumi ou o Intercontinental.

Aliás, mesmo que você se hospede em um hotel mais simples, não deixe de subir ao rooftop do Andaz (foto acima) para apreciar a vista.

Os drinks não são baratos, mas se for o caso, peça um cafezinho e aproveite para tirar fotos...

🏮 Quanto custa se hospedar no Andaz

$$ Mid-Range

Hotel G Singapore:

Um dos campeões de vendas em Singa, o elegante Hotel G fica à 5 minutos a pé das lojas da Bugis Village, da Biblioteca Nacional e do shopping de eletrônicos Sim Lim, a poucos minutos a pé das estações MRT Bugis e Dhoby Ghaut.

Com uma decoração contemporânea, os quartos estão equipados com ar-condicionado, mesa de trabalho e pontos USB. 

🏮 Quanto custa a diária no Hotel G

Hotel NuVe Heritage:

Situado em um edifício histórico ao longo da Rua Purvis, o Hotel Nuve Heritage oferece quartos elegantes e suítes temáticas.

Fica à 5 minutos a pé da Estação MRT Bugis. O Chijmes, o Raffles City Shopping Mall e a Estação MRT City Hall estão a 10 minutos a pé.

🏮 Quanto custa a diária no NuVe

$ Budget

Five Stones:

O Five Stones Hostel oferece dormitórios temáticos com designs que refletem a cultura local de Singapura.

Além do mais, fica localizado bem proximo à dos melhores phos (sopa vietnamita) servidos em Singapura, no Mrs. Pho (um restaurante super simples mas super autêntico).

Para ler mais sobre o restaurante leia:

Onde comer em Singapura

Um ponto bacana é que além de dormitórios, o Five Stones oferece também quartos privativos. Uma boa opção para casais que desejam economizar na estadia em Singapura.

O Five Stones Hostel fica a 8 minutos a pé da Estação MRT Bugis.

🏮 Quanto custa a diária no Five Stones

The Pod @Beach Road

Um hostel que oferece camas em cápsula (na verdade beliches) e armários individuais.

Localizado na Beach Road, onde antes havia realmente uma praia, o Pod @Beach Road Hotel Boutique Capsule serve um buffet de café da manhã e oferece Wi-Fi.

À uma curta caminhada do Bairro Árabe de Singapura (Kampong Glam) e próximo a rua comercial de Haji Lane, ele fica também à 10 minutos a pé do shopping center Bugis Junction e do Bugis Village.

🏮 Quanto custa a diária no The Pod @Beach Road

Chinatown tem belos templos budistas, taoístas e confucionistas. A vibe é bem autêntica, tanto durante o dia quanto à noite.

Buddha Tooth Temple, Chinatown

Nesta divisão incluí Tanjong Pagar (TP) também, por questões práticas.

TP fica pertinho de Chinatown e é tão bem conectada quanto, então também vale a pena ficar nessa área em Singapura.

Nas inúmeras lojinhas de medicina tradicional em Chinatown você encontra tudo o que é erva, e os pedaços de bichos secos dão o tom de excentricidade… 😆

Além do mais, Chinatown oferece opções de alimentação bem interessantes, de restaurantes luxuosos à vendedores ambulantes (que em Singapura se chamam hawkers) e na verdade não são ambulantes…

Um dos melhores hawkers da cidade é Maxwell Food Center.

Um must para quem estiver viajando com o orçamento restrito e quiser experimentar o melhor do street-food local.

Keong Saik Road em Chinatown. Foto: Patti

Keong Saik Road em Chinatown. Foto: Patti

Na Keong Saik Road você vai encontrar opções mais moderninhas e mais onerosas, como o Potato Head (famoso em Bali também).

Não deixe de conferir a Ann Siang Road e a Club Street para opções de restaurantes descolados e pubs maravilhosos.

E porquê se hospedar em Chinatown?

Depois de tudo que foi dito acima, você deveria estar se perguntando “porque não ficar em Chinatown?"…

Eu já mencionei as estações de metrô?

As várias estações MRT (Chinatown, Telok Ayer, Outram Park e Tanjong Pagar ) simplesmente fazem desta área uma das melhores conectadas da cidade.

Portanto, o Chinatown é um dos lugares mais práticos, autênticos e interessantes para se hospedar em Singapura!

Mural em Chinatown. Foto: Patti

Pontos de interesse:

Desvantagens:

Como bairro turístico bem popular, pode sofrer dos mesmos problemas de Kampong Glam ou Little India: pode se tornar barulhento e muvucado, principalmente nos fins de semana.

Opções de hospedagem no Chinatown

Como as melhores opções de luxo em Singapura já foram mencionadas nas áreas do Civic District e Orchard, optei por apresentar aqui opções mais acessíveis ao público em geral.

Isto não significa que não existam opções de classe superior em Chinatown, incluindo o fantástico Royal Park on Pickering, um hotel de luxo ecologicamente correto… 😀 🌴

🏮 Quanto custa a diária no Parkroyal

$$ Mid-Range

Amoy by Far East:

O Amoy by Far East Hospitality é um belo hotel boutique à apenas 400 metros da Estação MRT Chinatown. Dispõe de Wi-Fi gratuito, café da manhã incluído e serviço de translado gratuito do Aeroporto Internacional de Changi.

🏮 Quanto custa a diária no Amoy

$ Budget

Cube Boutique Capsule:

Outro campeão de vendas em Singa, o Cube Boutique Capsule Hotel @ Chinatown fica na Smith Street, a famosa rua do street-food do Chinatown.

Situado à 5 minutos a pé das estações de metrô MRT Chinatown e Outram Park, o hostel oferece Wi-Fi. Todos os pods têm decoração minimalista e ar-condicionado.

🏮 Quanto custa a diária Cube Boutique Capsule

Galaxy Pods @Chinatown:

À apenas 100m do MRT Chinatown, talvez seja o de melhor localização entre os vários SpacePods da cidade.

As cápsulas possuem ar condicionado controlado individualmente e são equipadas com TV, armário, tomadas universais, entradas USB e luz de leitura. Os banheiros e áreas comuns são compartilhados.

Atenção: se você estiver procurando o melhor custo-benefício entre os “espaciais” pesquise também:

Spacepod@hive; Spacepod@SG e Spacepod@lavender pois os preços (e as avaliações individuais) costumam oscilar entre eles.

Como alternativa em Chinatown, procure pelo MET A Space Pod. Como você vê, opções futurísticas não faltam.

Quem quer dormir e acordar bem descansado, daqui à 1.200 anos?

🏮 Quanto custa a diária no Galaxy Pod @Chinatown

Little India em Singapura é o lugar mais próximo da Índia que você vai conseguir chegar, se não puder realmente ir à Índia.

A maioria dos indianos de Singa são originários de Tamil Nadu, estado do sul da Índia, portanto a maioria dos templos de Little India são em estilo Dravidiano, com maravilhosas gopurams (torres super elaboradas com imagens de deuses Hindus).

Gopuram do Sri Mariamann, em devoção a Mother Goddess.

Na Serangoon Road voce vai encontrar inúmeras lojas coloridas vendendo tecidos, saris, especiarias e produtos eletrônicos baratos (e barulhentos).

Alguns mercados só abrem em épocas de festivais então sempre vale a pena consultar o calendário de Singapura mês a mês.

Leia: Thaipusam, Festival Hindu

As especiarias perfumadas exalam cheiros exóticos, e os restaurantes servem uma mistura de pratos regionais. Se você estiver à procura de um saboroso curry servido em folhas de bananeira, este é o lugar que você estava procurando!

À noite, as coloridas luzes se acendem (especialmente em Outubro, época do Deepavali) e Little India se torna um lugar animado, popular entre os moradores e visitantes.

E porquê se hospedar em Little India?

Muitas das melhores guesthouses e hostels de Singapura podem ser encontrados nesta área, sendo o destino mais popular para viajantes com orçamento limitado.

Além de mochileiros, você poderá também encontrar excelentes hotéis boutique de médio porte.

Little India é o bairro de Singapura que você vai querer ficar se o objetivo for encontrar opções de alojamento barato e comida indiana deliciosa.

Little India, o paraíso do curry em Singapura

As duas estações MRT (Little India Station e Rochor Station) também fazem deste bairro uma base conveniente para explorar o resto da cidade.

Pontos de interesse:

Desvantagens:

Little India pode ficar extremamente lotada e barulhenta, especialmente nos domingos, quando todos os trabalhadores estrangeiros indianos têm o seu dia de folga. O pessoal tende a se espalhar pelas calçadas para botar a conversa em dia e as lojas também fica cheias.

A vida noturna é um pouco limitada e termina cedo.

Atenção: não é permitido consumir bebida alcoólica pelas ruas deste bairro. Os estabelecimentos vendem bebidas normalmente, mas você deverá consumi-las DENTRO dos bares e restaurantes.

Geylang e Little India são os únicos bairros da cidade que baniram o consumo público de álcool com o intuito de evitar arruaças. Nos outros bairros de Singapura não há restrições.

Decoração de Deepavali em Little India. Foto: Patti

Opções de hospedagem no Little India

Como as melhores opções de luxo em Singapura já foram mencionadas nas áreas do Civic District e Orchard, optamos por apresentar aqui opções mais acessíveis ao público em geral.

Isto não significa que não existam opções de classe superior em Little India incluindo o excelente One Farrer Hotel.

$$ Mid-Range

Village Hotel Albert Court:

À 1 minuto a pé da estação MRT Rochor, este charmoso hotel é composto por casas restauradas do período pré-guerra.

A propriedade fica a 600 metros do Templo Kwan In Thong Hood Cho, a 900 metros do Mustafa Centre, shopping 24 horas.

🏮 Quanto custa a diária do Village Hotel Albert Court

$ Budget

Dream Lodge:

Localizado em Lavender, fica a 600 metros do shopping center Mustafa Centre. Algumas unidades possuem uma área de estar, para relaxar. Todas oferecem banheiro compartilhado e cozinha de uso comum.

Além disso, você pode alugar bicicletas neste hostel.

🏮 Quanto custa a diária no Dream Lodge

7 Wonders Hostel @Upper Dickson

Hostel com ar-condicionado e Wi-Fi gratuito. Cozinha de uso comum e terraço ao ar livre. A propriedade é estritamente não fumante e fica a menos de 1 km do Mustafa Centre.

🏮 Quanto custa a diária no 7 Wonders

A pequena ilha de Sentosa, ligada à Singapura por uma ponte, foi desenvolvida para ser um centro de entretenimento portanto é repleta de atividades e experiências turísticas.

Tanjong Beach, praia em Singapura. Foto: Patti

Além das praias, há dois campos de golfe, um cassino, vários parques temáticos (incluindo o Universal Studios Singapore) e o SEA Aquarium, além de muitos cafés e restaurantes.

Você pode chegar rapidamente à Sentosa com o teleférico, o monotrilho Sentosa Express, ou caminhando sobre a ponte pedestre (a 10 minutos a pé), todos a partir de HarbourFront Station MRT.

E porquê se hospedar em Sentosa?

Se você quiser combinar a visita de Singapura com férias na praia, então Sentosa é o seu lugar!

Atenção: não estamos falando de praias como você encontraria na Tailândia, mas com certeza as praias de Sentosa quebram um galho, especialmente se você vem de um país de clima frio. Para os que chegam do Brasil, talvez o interesse seja menor.

Aqui você vai encontrar resorts de alto nível, sendo o lugar perfeito para famílias que viajam com crianças.

Para os adultos, no domingo a tarde também rola uma baladinha com DJ no Tanjong Beach club, popular entre locais e expats.

Tanjong Club Sentosa. Foto: Patti

SEA aquarium @ Sentosa RWS

Desvantagens:

Além de ser fora de mão para explorar a cidade, longe de pontos de interesse e atrações culturais, a ilha toda é um gigante parque temático construído especialmente para turistas, totalmente sem personalidade.

Fica muvucada nos fins de semana e feriados, com muitas filas e tempo de espera.

Apesar disso, existem apenas resorts top de linha em Sentosa. Não existem opções de nível intermediário e muito menos hostels.

Universal @Singapore. Foto: RWS

Opções de hospedagem em Sentosa

$$$ High-End

Capella Singapore:

O super hotel onde aconteceu o mítico encontro do Donald Duck (Trump afff) com o Norte Coreano mais famoso dos últimos tempos, não foi escolhido por acaso.

Mega luxuoso e muito bem isolado, é uma escolha de alto nível para que procura paz e sossego (será?) 😅…

🏮 Quanto custa a diária no Capella Singapore

Shangri-La Rasa Sentosa

Outro campeão de vendas em Singapura, disponibiliza uma piscina exterior onde os hóspedes podem desfrutar de uma bela vista da praia.

Com vistas panorâmicas do Mar da China, o Shangri-La's Rasa Sentosa Resort & Spa promete uma experiência de férias tropicais ao longo da Praia de Siloso.

🏮 Quanto custa a diária Shangri-La Rasa Sentosa

W Singapore

O W Singapore - Sentosa Cove está tem um centro enorme de fitness e spa e é muito bem conceituado entre casais.

Oferece 4 restaurantes internos e muita tranquilidade no resort, cercado de verde e próximo à Marina, com muitas opções de bares para o final da tarde.

🏮 Quanto custa a diária no W Singapore 

Espero que você tenha encontrado o que precisava neste blog post!

Vem para Singapura?

Entre em contato com a gente em caso de dúvidas. Moramos aqui e estamos à disposição!

Como cortesia, estamos oferecendo um tour guiado do Asian Civilisations Museum, em português, exclusivo para leitores do blog:

Alguns links neste post são links afiliados.

Isso significa que se você comprar algo usando os links do blog, eu ganho uma pequena comissão, sem nenhum custo extra para você!

Seu apoio me ajuda a manter o site funcionando.

Gostou das nossas dicas? 

Compartilhe o post usando os botões abaixo!