10 Cenários De Filme Para Visitar em Paris!
 Andy (Anne Hathaway), em O Diabo Veste Prada.

Andy (Anne Hathaway), em O Diabo Veste Prada.

Procurando cenários de filme para visitar em Paris? 

Desde que o cinema foi inventado em 1895 pelos irmãos Lumiére, a cidade luz estreiou em incontáveis filmes.

Cinéfilos do mundo todo assistiram à grandes sucessos que deixaram pelo menos uma certeza: a vontade de explorar Paris e conhecer um pouco além do que os óbvios roteiros turísticos.

De Ratatouille à La la land: veja abaixo como encontrar as melhores locações de cinema na capital francesa. 

10 Cenários de Filme para Visitar em Paris!

1. Inception (2010) 

Leonardo DiCaprio, Ellen Page e Joseph Gordon-Levitt estiveram em Bir-Hakem para rodar Inception em 2010.

Eles foram à trabalho, mas você pode ir de férias e ainda aproveitar para tirar fotos espetaculares.  A ponte de Bir-Hakeim comemora a batalha da Segunda Guerra Mundial de mesmo nome.

Bir-Hakeim é também o nome da estação de metrô servindo a linha 6 no 15º arrondissement. Além do mais, tudo isso fica ao lado da torre. Sim, aquela mesmo. Não tem como errar

Não está satisfeito? Veja outra.

Uma vez lá fica difícil escolher o ângulo:

A post shared by @talesfromthevillage on

Dica preciosa para quem quer se hospedar na área: 

 

2.   Ratatouille (2007)

Tá certo, o realístico desenho da Pixar não é na verdade um filme, mas retrata tão fielmente alguns locais da cidade que acabamos por não resistir. 

Aqui temos duas opções: como uma alternativa mais classy, você pode ir jantar no histórico La Tour d’Argent, o premiadíssimo Michelin do 15, Quai de la Tournelle, que serviu de inspiração para o fictício Gusteau's. O prato mais famoso ainda é o pato, em várias versões (Canard à la presse, Caneton à la presse, Caneton Tour d'Argent, entre outros). 

Nesse caso, faça reserva e claro, prepare o bolso.

Na verdade, os proprietários do restaurante (fundado em 1582) alegam que o mesmo teria sido frequentado por ninguém menos que Henri IV, coisa que ninguém conseguiu provar ainda. 

De toda forma, o lugar acabou imortalizado nos livros de Hemingway e Marcel Proust. 

Da sala principal tem-se uma vista maravilhosa da Notre-Dame e do rio Sena, mas se o mar não estiver para peixe, você também pode passar no supermercado e fazer um picnic ali pertinho, afinal a vista do Quai de La Tournelle não depende de condições financeiras. 

 

Leia Também: Restaurantes Michelin Baratos em Paris 

 

Se você estiver com crianças, ou não estiver lá com muita fome, você pode também tentar a loja do Monsieur Aurouze & Co, no número 8, Rue des Halles. 

Nesse caso a alternativa é bem menos sexy: observar os ratos empalhados que estão na vitrine (since 1925), que também aparecem no desenho. Não se lembra disso?

Assista de novo.

A post shared by Pasyflore (@pasyflore13) on

Julien Arouze & Co

8, Rue des Halles, 75001, Metro Châtelet - Les Halles

Que tal se hospedar na área do Quai de La Tournelle?

 

3. O Fabuloso Destino De Amélie Poulain (2001)

São tantas as locações do filme em Montmartre que fica difícil escolher. Apesar do 18º arrondissement ser um bairro altamente turístico, são poucos os que prestavam atenção ao pequeno café onde Amélie trabalhava no filme (Les Deux Moulins, 15 Rue Lepic).

O toldo e a fachada ainda continuam iguais, embora sem a tabacaria. O pequeno café  é simples e não tem nada de extravagante, mas você pode dar uma passadinha para fotos se estiver na área.

A Basílica do Sacre-Coeur, também destaque no filme, é indiscutivelmente um ponto turístico importante, mas o detalhe fica por conta do charmoso carrossel da praça, totalmente instagramável.

A post shared by Mari Brandão (@tadelicia) on

E se você realmente quiser conhecer o hype café Les Deux Moulins, é fácil (e bem acessível) também.

Tente reservar ou passar por lá em dia de semana, ou fora dos horários ditos “normais”. Montmartre é sempre abarrotada de gente.

Dica esperta para se hospedar na área do 18º : 

 

4. Bastardos Inglórios (2009)

Ainda no 18º arrondissement, o bistrô La Renaissance (112, Rue Championnet), foi escolhido a dedo por Quentin Tarantino para rodar a única cena filmada em Paris no original Inglourious Bastards.

O restaurante é o local onde Mélanie Laurent descobre que Daniel Brühl é o herói de um filme de propaganda nazista. Tarantino escolheu o restaurante Art Deco depois de vê-lo em “The Blood of Others” de Claude Chabrol.

Mas não é só isso, ao todo, mais de dez longas-metragens foram filmados no local.

Veja se consegue ir até lá e nos escreva para contar quais filmes você se lembrou.

A post shared by Olivier (@geometre18) on

Opções inteligentes de alojamento em Montmartre: 

 

5. O Código Da Vinci (2006)

A igreja de Saint Sulpice tornou-se concorridíssima desde que a versão cinematográfica do Código Da Vinci, bestseller de Dan Drown, chegou à telona 12 anos atrás.

E se hoje as coisas se acalmarem por lá, tant mieux, mas as pessoas deveriam continuar a frequentar o local, ao menos para apreciar os afrescos de Delacroix.

E se ainda assim não for uma boa razão para você, dê só uma sacada no potencial do lugar:

Opções inteligentes de estadia no 6º arrondissement: 

 

6. Coco, Antes De Chanel (2009)

O filme francês que conta a estória da orfã Gabrielle Chanel, além de inspirador, acaba mostrando alguns pontos icônicos da cidade.

Entre eles nada menos do que o Théâtre du Châtelet, mas também Le Grand Véfour, o famoso restaurante todo trabalhado no estilo Art Nouveau (que não por acaso também é um dos melhores da cidade):

Do restaurante você pode ir a pé até a boutique principal da Chanel, na Rue Cambon.

Em 1918, a eterna Mademoiselle comprou o prédio todo, no número 31. Dentro da loja, uma escada alinhada com espelhos leva ao antigo apartamento onde Coco morava, no segundo andar.

O terceiro andar ainda abriga o estúdio oficial da marca, onde Karl Lagerfeld trabalha até hoje. 

A post shared by Maggie (@beautyjunkie_hu) on

A última cena do filme foi filmada nesse endereço da Cambon: Audrey Tautou aparece sentada no topo da escadaria, como Coco Chanel costumava fazer em seus desfiles.

Se comprar alguma coisinha na boutique estiver completamente fora do seu alcance, você poderá entrar do mesmo jeito. Ao contrário do que pensam algumas pessoas, as vendedoras de lojas na França não mordem.

Um bonjour básico e um sorriso no rosto sempre funcionam para quebrar o gelo.

Estadias fabulosas no 1º arrondissement: 

 

7. Meia Noite Em Paris (2011)

O filme de Woody Allen mostra o mercado das pulgas de Saint Ouen, no momento em que o protagonista encontra uma parisiense ouvindo música.

Sem entrar demais nos detalhes do filme, o que nos interessa é que o mercado tem uma atmosfera autêntica e está fora do roteiro turístico de massa.

Instalado no Norte da cidade desde o final do século XIX, é frequentado basicamente por locais, boa parte do tempo.

Já a ponte Alexandre III, onde se passa a última cena do filme, dispensa apresentações.

A famosa ponte parisiense no cair da tarde é um incontornável para fotógrafos e Instagrammers de plantão. 

Sugestões de estadia no 8º arrondissement (região da Champs Elysées): 

 

8. O diabo veste Prada (2006)

Andy vai à Paris para assistir a fashion week e acaba jogando seu celular em uma fonte. Mas não em qualquer fonte: se tiver oportunidade, vá até a Place de la Concorde para visitar as duas mais belas fontes da cidade (e tente descobrir qual delas aparece na cena). 

Projetadas por Jacques Ignace Hittorff em 1840 durante o reinado do rei Louis-Philippe, a fonte Sul comemora o comércio marítimo e a indústria, e a fonte Norte comemora a navegação e o comércio nos rios da França.

Alternativas de alojamento na área:

 

9. Antes Do Pôr Do Sol (2004)

O filme Before Sunset, mostra Jesse (Ethan Hawke) publicando seu livro na Shakespeare and Company (37, rue de la Bucherie) entre le Petit Pont e Pont au Double (metrô: St Michel). 

A livraria surge novamente em outro romance parisiense, Midnight In Paris (2011) de Woody Allen.

Em outra cena de "Before Sunset", os protagonistas aparecem se dirigindo ao Le Pure Café, 14 rue Jean Macé (metrô: Charonne) onde, enquanto conversam, descobrem que estiveram em Nova York ao mesmo tempo.

O Pure Café na verdade escapou por pouco dos terríveis ataques de terrorismo ocorridos em um bar da vizinhança (La Belle Equipe) em Novembro de 2015, acontecimento que desejaríamos ser obra de ficção.

Que tal dormir no 5º arrondissement (Metrô St Michel), perto das locações de "Antes do por do sol" e "La la land"?

 

 

10. La La Land (2015)

Você pode encontrar o underground bar de jazz que aparece em La La Land no Quartier Latin. Le Caveau de la Huchette (5, Rue de la Huchette) aparece muito rapidamente no filme mas a popularidade aumentou bastante desde o sucesso nas telas.

Muito antes disso, o porão do século XVI transformado em clube de jazz (1949) já havia inspirado a criação de nada mais nada menos que o The Cavern Club na Liverpool de 1957.

A post shared by @isisgond on

Quem já frequentava o local bem antes da “descoberta” de Hollywood (e talvez até em outras encarnações) sabe bem que o porão-caverna nem sempre foi um bar.

A cave serviu de base para os encontros secretos dos Templários et dos Rose-Croix, e em seguida aos Franco-Maçons. 

Durante a revolução francesa alguns corpos acabaram jogados por lá, e não por acaso, ainda permanecem.

Achou interessante? Compartilhe com seus amigos!

 

Para salvar este artigo no Pinterest, clique no Pin da imagem abaixo:

 

cenarios-de-filme-em-paris.png

E para receber mais dicas como essa:

 

Obs: Se essa é a sua primeira vez na cidade e você também quer fazer os passeios mais tradicionais, confira aqui:

O guia completo de Paris, do blogueiro Rui Souza.

Já para descobrir os gastos por dia em Paris, não deixe de ler o post do blog Estrangeira!

O pessoal do Turistando.In também escreveu um guia ótimo com as 36 atrações imperdíveis.

A Paloma do Diário de Turista também escreveu um post legal para quem nunca foi à cidade luz e que ver o básico de Paris!

Idéias não faltam para você começar 😎

Promoções:

Hotéis com desconto:

Booking.com

Alguns links neste post são links afiliados.

Isso significa que se comprar algo no blog, eu ganho uma pequena comissão, sem nenhum custo extra para você!

  Seu apoio me ajuda a manter o site funcionando!

♡ 

Gostou das dicas? 

Compartilhe!