Café Da Manhã Com Elefantes No Sri Lanka
 Café da manhã com elefantes no Sri Lanka. Foto: David Mattatia

Café da manhã com elefantes no Sri Lanka. Foto: David Mattatia

Quase enlouqueci quando fiquei sabendo que existia um orfanato para elefantes no Sri Lanka.

Minha veia veterinária saltou novamente (sim, sou formada em vet) e logo comecei a sonhar com elefantinhos tomando leite em mamadeiras cor-de-rosa.

Passado o delírio, me peguei reservando uma ida ao Pinnawala Elephant Orphanage (que estava inicialmente fora do nosso caminho). Era minha primeira viagem ao Sri Lanka, mas meu marido já havia visitado o país há 16 anos atrás.

Imaginem minha surpresa quando ele me disse: você tem certeza de que quer ir até lá? 

Segundo ele, o orfanato era uma "tourist trap", um lugar onde as pessoas passavam tempo fazendo fila para tirar selfies e dar frutas aos pobres bichos. 

Confesso que não curto nadinha esse tipo de esquema e me lancei na pesquisa online, dessa vez de maneira mais intensiva, e acabei encontrando uma proposta que parecia bem melhor: tomar café da manhã com os elefantes!

 Vista do Maha Oya river, Sri Lanka. Foto: David Mattatia

Vista do Maha Oya river, Sri Lanka. Foto: David Mattatia

E como tomar café da manhã com os elefantes?

Depois de um tempinho de pesquisa eu acabei descobrindo que os elefantes que apareciam tomando banho em bucólicas cenas no Instagram também pertenciam ao orfanato! 

Então como funciona isso? 

Simples. Você não precisa ir até o orfanato e se acotovelar com os outros turistas, você só precisa se hospedar na beira do rio onde eles tomam banho e presenciar o melhor momento do dia.

Aí você me pergunta: mas porque você não visitou o orfanato?

 Hora do banho em Pinnawala. Foto: Patti Neves

Hora do banho em Pinnawala. Foto: Patti Neves

Eu só queria ver os elefantes brincando no rio

Se você pesquisar à fundo na net, encontrará opiniões controversas sobre o orfanato.

De acordo com o site do Pinnawala, antes da invasão britânica em 1815, existiam por volta de 30.000 elefantes vivendo no Sri Lanka. Depois de um século de matança indiscriminada pelos colonos ingleses, os elefantes entraram em extinção. O orfanato de Pinnawala foi criado para proteger animais machucados, perdidos, ou incapazes de sobreviver sozinhos. Hoje o país conta com pelo menos 3.000 elefantes.

Alguns websites criticam ferozmente as práticas de manejo usadas pela instituição, como por exemplo: manter os bichos no cativeiro e usá-los como atração turística (afinal as pessoas pagam entrada no orfanato para vê-los).

Eu concordo que algumas práticas do orfanato são estranhas e deveriam ser abolidas (ex. permitir que os turistas alimentem os elefantes) mas não saberia dizer como solucionar o problema de manutenção (leia-se verba para comprar toneladas de comida por mês) ou de reinserção desses animais na natureza.

O Sri Lanka possui muitas reservas naturais para quem prefere ver animais selvagens: Yala, Udawalawe, Wasgamuwa, Sinharaja, Minneriya and Kaudulla National Parks. Eu decidi fazer o safári em Minneryia ao invés de visitar o orfanato e você poderá ler sobre a experiência no post O que fazer no Sri Lanka.

Prefiro acreditar que o orfanato é idôneo, e que eles tem bons motivos para manter os animais em cativeiro, já que teoricamente os elefantes não teriam condições de sobreviver sozinhos. Além do mais, creio que manejar animais desse porte deve ser uma tremenda dor de cabeça, além dos custos e mão de obra associada.

A entrada para fazer o safári e observar os animais selvagens custa 50USD, enquanto que no Orfanato em Pinnawala, custa 16USD.

No hotel, não custa nada, afinal você terá que pagar para dormir em algum lugar.

 

Como escolher o hotel para ver os elefantes?

 

Pinnawalla fica à 3h de estrada do aeroporto (veja o mapa completo da nossa viagem aqui). 

Nós contratamos um motorista, mas você também poderá ir de Uber por 5.000 rúpias ($50) ou pegar diversos trens que não custam quase nada (a não ser o seu tempo).

Os elefantes se banham no rio Maha Oya na altura de dois hotéis: Hotel Pinnalanda and Hotel Elephant Park.

Reservamos o Pinnalanda, por causa do grande terraço e da possibilidade de instalar uma mesa bem à frente da porta do seu quarto. 

O check-in começa à partir das 4 da tarde. Pagamos por volta de $50, com taxas e café da manhã incluído.

 Hotel Pinnalanda, perfeito para acordar com os elefantes. Foto: Patti Neves

Hotel Pinnalanda, perfeito para acordar com os elefantes. Foto: Patti Neves

O terraço é compartilhado com outros quartos, mas vocês poderão bancar o casalzinho mimado em lua de mel (ou a Instagrammer glamour) e pedir uma mesa exclusiva para ser montada na sacadinha anexa.

O melhor quarto para conseguir essa mesa mágica é o 108. De nada 😘

Você poderá usar os links do meu blog se quiser reservar o mesmo quarto no Pinnalanda, mas você deverá incluir a sua preferência de quarto no comentário da reserva.

O preço é o mesmo de que reservando diretamente no site da Booking, mas com a diferença de que se você usar o meu link ganhará pontos extras de bom karma por me ajudar na minha carreira de blogueira (o Booking paga pequenas comissões para os links que recomendamos)!

Pequeno detalhe: os hotéis nessa região são bem simples, beirando o kitsch, portanto nada de luxo. O café da manhã é decente.

A que horas os elefantes aparecem no Rio?

Existe um grupinho pequeno de elefantes que aparece as 8:30 da manhã, mas um grupo maior estará por lá entre 10h e meio-dia. Um segundo grupo grande aparece entre 2 e 4h da tarde.

Eu li em algum lugar que os elefantes isolados da manhã são os machos no período de “musth”, ou em bom português, cio, uma época do ciclo de elefantes machos onde a testosterona aumenta em torno de 60 vezes mais do que o normal.

Nessa época os elefantes ficam extremamente agressivos e podem atacar (e matar) outros elefantes ou até mesmo pessoas. Um deles tinha uma corrente na pata mas não conseguimos confirmar a razão.

Tentei perguntar no local, mas não encontrei ninguém com nível de  inglês satisfatório.

 Elefantes de Pinnawala, Sri Lanka. Foto: Patti Neves

Elefantes de Pinnawala, Sri Lanka. Foto: Patti Neves

E como os elefantes de Pinnawala são tratados?

Sinceramente,  eu não cheguei a ver nada chocante durante o banho. 

Vimos alguns elefantes brincando e explorando o rio, bem como alguns que se moviam muito devagar, com dificuldade. 

Considerando que esses animais precisam de cuidados especiais, não é de se admirar que alguns sejam cegos ou tenham membros lesionados, portanto não saberia avaliar qual seria um comportamento “normal” nessa situação.

Um grupo de homens conduz a manada. São os indefectíveis “mahouts” carregando bastões. Pelo que vi, esses bastões tem a ponta cega, mas são suficientes para impor respeito aos bichos. Eles também esfregam o corpo de alguns elefantes com uma escova, pois alguns parecem incapazes de se banharem sozinhos.

Tenha em mente que os elefantes de Pinnawala são animais frágeis, que precisam de cuidados, portanto se você quer ver animais saudáveis, soltos na natureza, Pinnawala não é pra você.

Espero que esse post seja útil. 

Passe o mouse na imagem abaixo e clique no Pin para salvar o artigo no Pinterest:

 Café da manhã com elefantes no Sri Lanka: Foto David Mattatia

Café da manhã com elefantes no Sri Lanka: Foto David Mattatia

 Dicas Exclusivas:

Outros Passeios: