Ho Chi Minh: 10 Atividades Diferentonas No Vietnã
 Fotografar tudo o que é diferentão. Uma idéia original em Ho Chi Minh? Foto: Patti Neves

Fotografar tudo o que é diferentão. Uma idéia original em Ho Chi Minh? Foto: Patti Neves

Quanto mais você explora Ho Chi Minh City (antiga Saigon) mais maluca a cidade parece.

Veja aqui como complementar o roteiro essencial de museus e bairros históricos (aqueles que todo mundo faz) com verdadeiras pérolas.

Está sem idéias do que fazer em Ho Chi Minh City?

Pessoas anti-convencionais, é hora de sair do tédio..!

 

10 atividades diferentonas em ho chi minh city

 

1. Assistir ao A O Show, na Opera House 

Se você está em dúvidas sobre que fazer em Ho Chi Minh City, não perca muito tempo virando em volta de monumentos históricos: ao invés de passar em frente à ópera house você pode reservar bilhetes para ver um show típico e aproveitar para conhecer o lugar por dentro.

A O Show, também chamado de "Bamboo Cirque", é a versão rústica do Cirque du Soleil e apresenta aspectos interessantes da cultura vietnamita.

O espetáculo combina acrobacias, dança e coreografias locais. Nós assistimos o show em uma quarta à noite e o ingresso VIP dava direito à uma taça de vinho por pessoa (não conte muito com a qualidade do vinho, mas o show foi bem bacana). 

 Foto:  A O Show

Foto: A O Show

Obs: Fotografar o show é estritamente proibido. 

Onde: Opera House, 07 Công Trường Lam Sơn, Bến Nghé, Quận 1

2. Comer insetos

A comida vietnamita é absolutamente deliciosa, mas também pode ser extrema e exótica.

Se você quiser testar seus limites culinários, experimente a aventura no restaurante Bo Cap Lua. Eles servem tarântulas, escorpiões, lagartos, larvas vivas, vermes fritos e outros itens "loucos".

Para ser honesta, nós apenas passamos e olhamos o cardápio. Foi o suficiente para sair correndo.

 Foto:  Trip Advisor

Onde: Bo Cap Lua, 17B 11th Street, Ir Vap District

3. Comprar cartazes de propaganda comunista

A loja Saigon kitsch vende dezenas e dezenas de objetos originais e atípicos.

Obrigatório conferir a interminável coleção de cartazes de todos os tamanhos, sejam eles da época colonial, de guerras passadas ou da propaganda comunista. 

Os preços são bem mais em conta do que na loja especializada da rua Bui Vien (distrito dos mochileiros). 

Onde: Saïgon kitsch, 43 rue Ton That Thiep, district 1

4. Visitar o descolado “The café apartment”

O The Café Apartment é um edifício de 9 andares que antigamente abrigava funcionários públicos e militares.

O espaço manteve sua estrutura original e tem uma vibe meio hipster quando visto de fora. Hoje, o espaço abriga cafés (óbvio) mas também restaurantes, espaços de co-working, cabeleireiros e até uma livraria. Todos com varandas e vista para Walking Street e rio Saigon.

 Café Apartment em Ho Chi Min. Foto: Patti Neves

Café Apartment em Ho Chi Min. Foto: Patti Neves

Uma escada conduz a cada andar, mas também há serviço de elevador por 3000 dongs vietnamitas (VND), que são reembolsados ao pagar a conta em qualquer um dos cafés.

O lugar continua bombando entre os locais, que costumam se reunir por ali. 

Estive por lá à tarde, e a vibe era bem  tranquila, como vocês podem na imagem desse wannabe British tea house, que mais parece uma casa de bonecas.

 Partea, casa de chá em Ho Chi Minh City. Foto: Patti Neves

Partea, casa de chá em Ho Chi Minh City. Foto: Patti Neves

Onde: The Café Apartment, 42 Nguyen Hue Street (Walking Street)

5. Almoçar em um restaurante situado em uma antiga refinaria de ópio

Em 1862, dois franceses espertinhos compraram o direito de produzir ópio e fundaram a casa “La Manufacture d’Opium”. Em 20 anos, o comércio tornou-se tão lucrativo que o governador da Indochina decidiu exercer controle direto sobre o refino e a venda de ópio, o que ajudou a manipular o povo e manter o poder politico na época colonial.

 Hoje o menu do restaurante Hoa Tuc oferece cozinha vietnamita contemporânea, de muito bom gosto. Serviço e atendimento à altura do banquete, classificado como um dos melhores de Ho Chi Minh City.

O restaurante fica em um charmoso pátio, próximo a outros restaurantes. Comida deliciosa, acabamos jantando por lá duas noites seguidas (não por acaso fica ao lado do Park Hyatt) e a localização é bem conveniente, perto também da Ópera House.

 Hoa Tuc restaurant em Ho Chi Minh City. Foto:  Hello Saigon

Hoa Tuc restaurant em Ho Chi Minh City. Foto: Hello Saigon

Onde: Hoa Tuc (Old Opium Manufacture of Saigon), 74 Hai Bà Trưng, Bến Nghé, Quận 1, 

6. Aproveitar para fazer roupas sob-medida

Que tal sair por aí arrasando em um Ao dai ?

As vestes típicas das vietnamitas eram exclusivas da aristocracia no século XIX. Inspirado pela moda francesa nos anos 30, o artista Nguyễn Tường redesenhou o modelo como uma veste longa. Na década de 50, os estilistas de Saigon repaginaram mais uma vez o modelo, mudando completamente o caimento. Voilà, assim surgia a versão utilizada pelas mulheres vietnamitas de hoje. 

Sensação entre as fashionistas no Instagram, é muitas vezes usado com jeans, especialmente o skinny.

Acabei não tendo tempo de passar na loja que eu queria, mas recomendo o endereço abaixo fornecido por uma querida amiga vietnamita. Quem sabe da próxima...

 Ao Dai ladies em Ho Chi Minh City. Foto: Patti Neves

Ao Dai ladies em Ho Chi Minh City. Foto: Patti Neves

Onde: Mark&Vy Fashion 130/4 Điện Biên Phủ, P17, Bình Thạnh, 700000. 

7. Conferir o mercado das pulgas local (Lê Công Kiều Antique Street)

O mercado de antiguidades oferece muitas pechinchas e também objetos mais caros, mas atenção, se o negócio parecer da China, pode ser que seja mesmo. 

Em cada loja existem centenas de antiguidades falsas e reais. Geralmente os donos das barraquinhas são honestos e se você perguntar a origem exata de cada objeto, eles te dirão a verdade.

É a verdadeira caverna de Ali Babá, mas dá pra sair sem comprar gato por lebre.

 Mercado das pulgas. Foto:  Saigon Tours

Mercado das pulgas. Foto: Saigon Tours

Dica: Guarde seus recibos já que o governo teoricamente pode controlar a saída de antiguidades. Peça ao revendedor um recibo que declare que o item pode ser exportado.

Onde: Antique Street, 38 Lê Công Kiều, Phường Nguyễn Thái Bìn, Quận 1

8. Experimentar o bizarro Trứng Vịt Lộn

Tradução ao pé da letra: ovo de pato formado 

O trứng vịt lộn  é uma comida muito popular no Vietnã, similar ao “balut” das Filipinas. Na versão Vietnamita, o ovo é incubado até o estágio final, ou seja até que o bebê pato esteja totalmente formado, o que leva 19 a 21 dias. Os locais costumam consumir o petisco acompanhado de cerveja. 

Apesar da maioria das pessoas achar que o prato é o mesmo que o balut, nas Filipinas os ovos são incubados a partir de 16 dias (e os embriões podem ser comidos em qualquer estágio de desenvolvimento).

Nós, seres humanos, somos realmente animais estranhos. Favor verificar o endereço abaixo com os locais, faltou coragem para ir até lá. 

 Trứng vịt lộn. Foto:  Aterux

Trứng vịt lộn. Foto: Aterux

Onde: Hột Vịt Lộn Kim Thảo, 104 Xuân Thủy, Thảo Điền, Quận 2

9. Explorar os curiosos edifícios de Saigon - 14 Ton That Dam

Um lugar onde apartamentos residenciais, pequenos comércios e cafés co-existem em uma estranha, mas simbiótica, sintonia.

O problema é distinguir o que é uma casa e o que é uma cafeteria. 

Há lojas improvisadas em becos decorados, e uma sensação de decadência prevalece às vezes. Sobretudo nessa escadaria "creepy" do lugar.

 Um pouquinho de urbex? Escadaria de edificío em Ho Chi Minh. Foto: Patti Neves

Um pouquinho de urbex? Escadaria de edificío em Ho Chi Minh. Foto: Patti Neves

Eu li em algum lugar que havia um café para cada personalidade neste edifício, mas ninguém que passa em frente 14 Ton That Dam poderia desconfiar.

Parece mais um prédio residencial bem bagunçado! Eu empaquei na entrada um bom tempo, imaginando se estava no lugar certo.

Depois de um pouco de hesitação entre os andares, encontrei alguns cafés e pequenos brechós.

Note que a árvore de natal abaixo estava pendurada na parede em meados de março ... Bem, parece que no Vietnã isso significa apenas "decoração". Vai saber?

 Ho ho ho, bem diferente essa decô. Café em Ho Chi Minh. Foto: Pati Neves

Ho ho ho, bem diferente essa decô. Café em Ho Chi Minh. Foto: Pati Neves

Talvez o trend de visitar esse prédio tenha começado entre estrangeiros há algum tempo, quando um misterioso café retrô chamado Banksy começou a ser frequentado por expats locais. A imagem abaixo está em toda a internet.

Eu confesso que meu primeiro objetivo era relaxar por lá para escapar do calor, mas eu não tive muita sorte, pois não consegui encontrar o tal café.

Leia também: Cruzeiro em Halong Bay, Rota Alternativa

lugares-originais -para-vistar-em-ho-chi-minh (saigon).jpg

Eu descobri com os locais mais tarde que as lojas desse lugar estão constantemente abrindo e fechando, então, à cada nova visita, você pode encontrar uma nova surpresa.

Conte pra gente o que encontrou por lá. E se você não achar nada que goste, ao menos a expedição "urbex" terá valido a pena.

Onde: 14 Tôn Thất Đạm, Nguyễn Thái Bình, Quận 1

10. Fugir correndo de HCMC e embarcar no primeiro vôo para Phú Quốc

Tudo bem, você começou a ler esse artigo esperando encontrar coisas para fazer em Ho Chi Minh, mas se bater o desespero (e o caos das cidades asiáticas acaba por sufocar as vezes), saiba que uma escapada em estilo até a ilha mais bonita do Vietnã custa somente 100 US$ (e uma horinha de vôo).

E por que ir até lá? Areia branquinha, água cristalina turquesa e um turismo ainda se desenvolvendo. Saibam que a primeira grande cadeia de hotéis só chegou em 1990 no Vietnã.

Corre que ainda dá tempo.

E se você quiser se conectar com outros viajantes por lá, entre no nosso grupo Facebook Viajantes no Sudeste Asiático . Eu mesma administro o grupo, que conta com vários expatriados morando na área.

 Praia em Phu Quoc. Foto:Patti Neves

Praia em Phu Quoc. Foto:Patti Neves

Onde se hospedar em Ho Chi Minh City

 

Nós ficamos no Park Hyatt Saigon, e mesmo sempre dando preferência para os guesthouses e hotéis de charme locais (afinal promover pequenos negócios é sempre mais interessante para a comunidade, além do sentimento de integração), dessa vez a escolha foi ligeiramente diferente.

 Park Hyatt Saigon, Vietnã. Foto: Patti Neves

Park Hyatt Saigon, Vietnã. Foto: Patti Neves

Pontos positivos para o hotel: localização absolutamente perfeita no Distrito 1, bem ao lado da Ópera House e do Hoa Tuc (restaurante),  quartos decorados com um toque vietnamita de muito bom gosto, e principalmente o café da manhã que oferecia muitas opções locais, entre elas um Pho super aromático, do jeitinho que tem que ser.

 Pho do Park Hyatt Saigon. foto: Patti Neves

Pho do Park Hyatt Saigon. foto: Patti Neves

Como já é de praxe, eu sempre coloco no blog as opções baseadas no melhor custo-benefício por categoria, baseada em reviews, distância do centro e comodidades.

Veja abaixo os estabelecimentos classificados como "ótimos à soberbos", todos com excelente localização (Distrito 1): 

Espero que tenham gostado das nossas dicas e se por acaso você testar alguma, por favor deixe um comentário pra gente! 

 

Para salvar este artigo no Pinterest, clique no Pin da imagem abaixo:

 

Ho Chi Minh City.png
 

Ou para receber mais dicas como essa:

 
 

Last tip: Se você nunca esteve em Saigon e não conhece as principais atrações, o blog "Ligado em viagem" tem um roteiro básico para quem visita a cidade pela primeira vez.

 

Promoções:

Hotéis com desconto:

Booking.com

Alguns links neste post são links afiliados.

Isso significa que se comprar algo no blog, eu ganho uma pequena comissão, sem nenhum custo extra para você!

  Seu apoio me ajuda a manter o site funcionando!

♡ 

Gostou das dicas? 

Compartilhe!